Cupim da semana!

Família: Termitidae
Subfamília: Termitinae


flickr:39421916654

Neocapritermes é um gênero de cupim que possui 17 espécies descritas para toda a América do Sul. As espécies desse gênero se alimentam de madeira morta, já um pouco decomposta ou envelhecida.

Os Neocapritermes não são muito conhecidos, pois a maioria das espécies possui hábitos subterrâneos. Mas algumas espécies podem podem ser encontradas em ninhos de outros gêneros de cupins, e apenas duas espécies Amazônicas constróem ninhos acima do solo.

Um fato interessante sobre esses insetos são suas estratégias de defesa, tanto dos soldados, quanto dos operários.

neogif.gif

Os soldados apresentam mandíbulas retorcidas e assimétricas que são utilizadas para dar um verdadeiro “peteleco” no oponente (geralmente predador), conseguindo, assim, jogá-lo para longe (veja no vídeo).

E os operários também não são indefesos. Além de poderem dar pequenas mordidas, os operários da espécie Neocapritermes taracua (encontrada na Amazônia) também possui uma estratégia bastante singular para defender sua colônia contra predadores. Quando vão ficando mais velhos, e sua eficiência para realizar as tarefas gerais diminui, eles começam, então, a produzir e acumular secreções em bolsas (glândulas) que ficam em seus abdomens.

Esquema%20defesa%20oper%C3%A1rio.jpg

Quando algum oponente/predador ataca esse operário, ocorre a ruptura da parede do corpo, fazendo com que as substâncias de cada uma dessas glândulas entrem em contato, e produza uma substância tóxica, como mostra o esquema acima e o vídeo abaixo. Assim com as abelhas Apis morrem quando ferroam, esse também é mecanismo de defesa suicida.

Operários suicídas de Neocapritermes taracua


Fonte: Arquivo suplementar de Šobotník et al. 2012

Saiba mais:
Bourguignon, T., Šobotník, J., Brabcová, J., Sillam-Dussès, D., Buček, A., Krasulová, J., … & Vogel, H. (2015). Molecular mechanism of the two-component suicidal weapon of Neocapritermes taracua old workers. Molecular biology and evolution, 33(3), 809-819. https://doi.org/10.1093/molbev/msv273


Texto: Pamella Oliveira


Compartilhe:

Facebook

Cupim da Semana

Projeto:
Wikitermes: e cupim serve pra alguma coisa?


Apoio:
logo_vertical

Quer criar seu material de divulgação sobre cupins? Clique aqui e veja como!

By Tiago Carrijo
Published 09 Feb 2018 10:56